A atriz global Regina Duarte decidiu, nesta quarta-feira (29), assumir o cargo de Secretária Especial de Cultura no Governo Jair Bolsonaro. Com este ‘sim’, a atriz negocia agora, a suspensão do seu contrato de trabalho com a TV Globo. A emissora já havia advertido Regina Duarte, que se ela aceitasse a função na Secretaria Especial de Cultura, o seu contrato seria suspenso.

Para aceitar o convite, a atriz ‘namorou’ o Governo e visitou o futuro local de trabalho em Brasília. Neste sábado (1), Duarte esteve mais uma vez com o presidente Bolsonaro.

Desde que começaram as tratativas para Regina Duarte administrar a pasta, o presidente vinha se mostrando feliz com o convite formulado à atriz. Bolsonaro então convidou Regina Duarte, ‘eterna namoradinha do Brasil’, para a Secretaria Especial de Cultura no dia 17 de janeiro.

O presidente demitiu o então secretário Roberto Alvim no dia 16, depois que ele publicou vídeo com forte relação às ideologias nazistas de Gobeels. Entre os veteranos do casting da Rede Globo, o ator Carlos Vereza encontrou-se com o presidente Jair Bolsonaro neste sábado no Palácio do Alvorada.

Segundo o site ‘Metrópoles’, Vereza admitiu ter ido demonstrar seu apoio à Regina Duarte, sua colega de trabalho. Vereza enxerga a colega como pacificadora com visão democrática da cultura.

Carlos Vereza se opôs a Weintraub

O ator foi oposicionista do ministro da Educação Abraham Weintraub, quando o Governo promoveu despejamento da TV Escola. Embora ele tenha negado, expectativas apontam na possibilidade de que ele assuma um cargo na Secretaria da Cultura.

Mãe de três filhos e avó de seis netos, Regina Duarte revelou que foi para Secretaria Especial de Cultura, acreditando numa relação harmoniosa entre Governo Bolsonaro e a classe artística.

A atriz brasileira, com 54 anos de carreira, foi criticada por alguns de seus pares por publicações com fotografias de diversos colegas de profissão no Instagram. Não gostaram de verem suas imagens ligadas ao Governo.

Ela disse que removeria a postagem, por entender que enfrentaria ‘resistência ideológica’.

Regina Duarte diz que enfrentará resistência

De acordo com o site "Metrópoles", respondendo a descontentamentos Regina Duarte teria feito um aviso. "Com 1.143.000 impressões removerei a postagem, pois Maitê está pedindo para sair da rede. Tenho a vontade de harmonizar e de unir a classe artística, mas vejo que a resistência ideológica será forte e tentará impedir que a polarização reinante possa ser vencida. Porém, lutarei pra que a Cultura do nosso país possa estar acima de ideologias e partidos”, comunicou.

Maitê Proença diz que Regina Duarte se excedeu

Nos comentários da postagem de Regina Duarte, Maitê disse que não gostou de ter sido usada em montagem. Disse que não apoia e nem aprova o Governo de Bolsonaro. E a postagem no Instagram de Regina remete ao contrário. Regina se exagerou, disse! Porém apoiarei sempre o direito de quem pensa diferente de mim”.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Televisão
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!