Com proliferação do novo coronavírus, o atual presidente da República, Jair Bolsonaro, descumpre as orientações do Ministério de Saúde ao sair às ruas do Distrito Federal para falar com alguns ambulantes, ir a comércios que seguem abertos no estado, tendo como exemplo farmácias, supermercados e postos de gasolina. O presidente também aproveitou o dia para visitar o HFA (Hospital das Forças Armadas).

Sobre esse respectivo caso, Jair Bolsonaro publicou um vídeo em suas redes sociais. "Vi um senhor de idade vendendo churrasco de gato, assim que é conhecido, já comi muito'', afirmou o presidente.

Bolsonaro também contou que muitos autônomos estão encontrando problemas para levar o sustento para suas famílias, já que boa parte do país parou para seguir as medidas do Ministério da Saúde, onde todos devem ficar em quarentena por um perídio indeterminado.

Ainda questionado sobre o vendedor ambulante ter desrespeitado aos orientações governamentais e continuar a trabalhar, Bolsonaro disse:"Vai condenar esse vendedor a ficar dentro de casa? Ele não possui uma outra fonte de renda. A geladeira dele, provavelmente já não tem mais alimentos. Ele precisa trabalhar, sustentar as pessoas que estão em sua casa.''

Ao publicar esse vídeo em suas redes sociais, Bolsonaro foi duramente criticado por parte da população.

Muitos informaram que o presidente deveria dar o exemplo a população brasileira, de ficar em casa e respeitar esse período de quarentena, tendo em visto que a proliferação do vírus ainda é assustadora no Brasil e no resto do mundo.

Por outro lado, muitos internautas concordaram com a ação de Jair Bolsonaro em descumprir as orientações do Ministério da Saúde.

Eles afirmam que o país não pode parar totalmente, pois isso poderá trazer sérios problemas financeiros para os cofres públicos nos próximos meses, já que o país não está mais produzindo.

Governo de Jair Bolsonaro

Com o avanço do novo covid-19, o atual governo está indo contra os demais países. Em um pronunciamento, Jair Bolsonaro declarou que a normalidade do país deveria ser retomada, já que não existe necessidade de paralisar tudo por uma simples ''gripezinha'' e ''resfriadinho'', referindo-se ao coronavírus.

O governo está criando ''slogans'' para incentivar que as empresas reativem suas funções. Mesmo com esse interesse em retomar os trabalhos no países, muitas empresas continuam de portas fechadas por orientação do Ministério da Saúde.

Até as últimas atualizações, o Brasil registrou cerca de 114 mortes sobre o respectivo vírus, mas esses número poderão evoluir ainda mais, já que muitas pessoas estão em situações críticas e sem nenhum bom suporte por parte dos hospital públicos.

Siga a página Coronavirus
Seguir
Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!