Pelo Twitter, o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), se pronunciou a respeito da saída do Sergio Moro ao cargo de ministro da Justiça e Segurança nesta última sexta-feira (24). O petista também usou suas redes sociais pessoais para se posicionar a respeito da administração do atual chefe do executivo, Jair Messias Bolsonaro (sem partido).

"Não pode haver inversão da história. O Bolsonaro é filho do Moro, e não o Moro cria do Bolsonaro. Nessa disputa toda, os dois são bandidos, mas é o Bolsonaro que é a cria e não o contrário. E os dois são filhos das mentiras inventadas pela Globo", disse Lula através do Twitter.

O petista está se posicionando bastante pela rede social em razão dos problemas envolvendo Bolsonaro e também sobre o novo coronavírus.

Em poucas horas, a publicação de Lula no Twitter conta com a participação de mais de 45 mil curtidas e cerca de 17 mil comentários. Muitas pessoas que acompanham o petista foram favoráveis as críticas dele em relação ao presidente e também do ex-juiz federal.

Lula e Bolsonaro

O ex-presidente do Brasil também tem se posicionado referente ao novo vírus que se instalou no Brasil.

Pelo Twitter, Lula informa que o atual Governo deveria priorizar ainda mais o isolamento social, tendo em vista que a doença continua gerando centenas de mortes em todo o Brasil e também em outras partes do mundo. Além dos problemas do coronavírus, o petista também questionou a demora para distribuir o auxílio emergencial para as pessoas que deram entrada no auxílio.

De acordo com palavras digitadas pelas redes sociais do próprio ex-presidente, Bolsonaro deveria agilizar a distribuição do auxílio emergencial para as pessoas que deram entrada no benefício.

Bolsonaro e problemas

Nas últimas semanas, o presidente tem enfrentado grandes problemas relacionados a alguns parlamentares do seu atual governo.

Antes da saída de Sergio Moro, Bolsonaro havia demitido o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e também do diretor-chefe da Polícia Federal identificado como Maurício Leite Valeixo.

Em razão disso, Bolsonaro tem sido bastante hostilizado nas redes sociais e também através de movimentos chamados 'panelaços', onde algumas pessoas batem panelas enquanto o atual chefe do executivo pronuncia a respeito de algum assunto. Além de parte da população brasileira, muitos famosos também se mostraram contra a administração de Bolsonaro.

Pelas redes sociais, Danilo Gentili, que tem um programa no Sistema de Televisão Brasileira (SBT), informou que Bolsonaro 'surfou na onda' de alguns políticos para chegar até o cargo de presidente da república.

Sergio Moro

O ex-juiz federal entrou no cargo de ministro da Justiça e da Segurança após o presidente insistir. Durante esse período em que esteve frente ao governo, Sergio Moro foi bastante participativo, onde chegou a aprovar alguns projetos de lei importantes. O último foi referente ao novo coronavírus, onde a petição referia a respeito da punição para quem descumprisse as medidas de quarentena durante esse período de proliferação do novo coronavírus.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Sergio Moro
Seguir
Siga a página Governo
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!