O ex-presidente do Brasil, Luis Inácio Lula da Silva, surgiu nas redes sociais para dar sua posição sobre os problemas que o Brasil vem sofrendo em decorrência da proliferação do covid-19.

Lula voltou a cobrar que o Governo Federal tome algumas medidas que possam controlar a proliferação do novo covid-19, vírus esse que evolui a cada dia no país. O ex-presidente da República do Brasil comparou a situação atual do país com a da Itália, onde ele reafirmou que o país já registra 9 mil mortos em todo esse período de coronavírus.

O ex-presidente também não perdeu a oportunidade e criticou as medidas adotadas pelo atual presidente, Jair Messias Bolsonaro.

“Ou esse indivíduo renuncia seu atual mandado como presidente da república ou a gente faz o impeachment dele'', argumentou Lula através de um post no Twitter.

Sobre o respectivo assunto mencionado, o atual presidente do Brasil não se posicionou sobre os argumentos de Lula. Pelas redes sociais, a critica do ex-presidente divide opiniões na internet. Alguns internautas entendem que todas as medidas que Bolsonaro está realizando são coerentes.

Por outro lado, muitas pessoas foram favoráveis as falácias ditas por Lula, informando que o atual presidente não está preocupado com a salvação das pessoas e sim com a economia do país, como bem disse ele através dos meios de comunicação. Até o final dessa matéria, nenhuma nova informação foi apresentada sobre o respectivo caso.

O ex-presidente está constantemente dando sua opinião sobre o que vem acontecendo no país e no mundo, onde conta com milhares de seguidores em suas redes sociais.

Covid-19 no Brasil

Diariamente, novos casos de suspeitas do covid-19 são apresentados pelo Ministério da Saúde, o país já confirmou 114 mortes em decorrência do vírus no país.

Os estados que foram mais atingidos com mortes foi o Rio de Janeiro e São Paulo. Ambos estados são considerados cidades turísticas no Brasil, por isso a influência de mortes são tão presentes.

Com isso, muitas medidas de segurança já foram tomadas. Tendo exemplo do estado do Rio, o atual governador assinou um decreto informando que nenhum estabelecimento comercial poderá abrir sem que houvesse um aviso prévio.

Para fiscalizar, o governo está fazendo varreduras nas ruas do Rio com intuito de multar severamente os comerciantes que estão descumprindo as ordens. Ainda não teve dados específicos de quantos comerciantes foram penalizados.

Apesar do Brasil não apresentar números expressivos, tendo como a Itália que registra mais de 900 mortes por dias, medidas de prevenção ainda continuam sendo divulgadas pelos profissionais da área da saúde. O grande intuito dessas divulgações é conscientizar a população para evitar o contágio do vírus,

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Lula
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!