O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, participou de uma entrevista coletiva onde foi questionado sobre a forma de governar do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. O presidente americano disse que Bolsonaro está fazendo um trabalho maravilhoso, mas que tem um gramde problema com o coronavírus.

"Ele está trabalhando muito duro. Ele tem um problema com o vírus. Tem um grande problema. Conversamos sobre isso hoje, nesta manhã. O Brasil parou, não iria, mas teve que parar. O mundo teve que parar. Ninguém nunca viu nada parecido com isso. O mundo inteiro teve que parar. Você vai das economias mais poderosas do mundo até outros países que estavam indo bem, e todos pararam", disse Trump a jornalistas na Casa Branca.

Consequências da Covid-19

Assim como os demais países, o Brasil está sendo afetado diretamente com a proliferação da covid-19. Diante disso, medidas extremas estão sendo adotadas diariamente pelas entidades governamentais do país. Tendo como exemplo o estado do Rio de Janeiro, onde o atual prefeito, Marcelo Crivella, informou junto com o atual governador, Wilson Witzel, que os cariocas estarão suspensos de praticar algumas atividades até que a proliferação da covid-19 diminua.

Os cariocas não poderão adentrar nas praias, rios, lagos, e nem piscinas públicas. Essa é uma medida que está sendo bastante discutida nas redes sociais pelos internautas, mas as autoridades do estado informaram que essa é uma medida que precisa ser realizada, com intuito de evitar aglomeração.

Essa será uma das restrições que o estado está tomando para diminuir a proliferação do vírus.

Até o presente momento, foi registrado 28 vítimas fatais em decorrência da covid-19. Esses números poderão sofrer alterações nas próximas horas, já que muitas pessoas estão em situações críticas na UTI (Unidade de terapia intensiva)

Rio de Janeiro

Um dos estados que está adotando mais medidas extremas, é o Rio de Janeiro.

Recentemente, o governador Wilson Witzel participou de uma coletiva de imprensa, onde informou que os moradores de rua poderão ser abrigados em dormitórios improvisados no Sambódromo, local esse que é realizado o desfile das escolas de samba de Carnaval.

No local, os moradores de rua serão beneficiados com cama, cobertor, itens de higiene e alimentação.

O intuito desse projeto é evitar que as pessoas que se encontram nessa situação de rua, evitar um possível contágio da covid-19, já que eles estão muito vulneráveis nas ruas da cidade.

Polêmicas envolvendo o governador

Nos últimos dias, Bolsonaro foi questionado por um apoiador do governo sobre as medidas que estão sendo adotadas no estado do Rio de Janeiro. Bolsonaro foi bastante polêmico e questionou: ''Virou ditadura?''

Sobre as respectivas palavras ditas pelo presidente, Wilson Witzel ainda não se pronunciou.

Siga a página Jair Bolsonaro
Seguir
Siga a página Vagas
Seguir
Não perca a nossa página no Facebook!