Alexa
Publicidade
As notícias do momento

Tortura até morrer: homem mata enteado de oito anos por ele parecer ser ‘gay’

Criança teve braço queimado por cigarros e foi obrigado a comer as próprias fezes.
Embora cada vez mais campanhas de conscientização aconteçam combatendo a homofobia, alguns casos acabam chocando a população por tamanha crueldade. Quando as vítimas são crianças que não podem se defender a indignação é ainda maior, pois a maioria delas nem sabe o que significa ser homossexual. Muitas vezes, o preconceito é motivado na representação social que o indivíduo apresenta, sejam em seus trejeitos ou em suas roupas, por exemplo. Basta apenas um gesto considerado fora da contexto da heteronormativadade para alguém ser considerado homossexual por exemplo. Foi assim que pensou um homem que torturou uma criança de apenas oito anos de idade até a morte, por considerá-la gay. Criança de oito anos não poderia ser considerada gay Com apenas oito anos seria muito difícil uma criança identificar a sua orientação sexual em um momento em que ele deveria estar vivendo a sua infância plenamente. Mas antes que Gabriel Fernandez pudesse se decidir por si mesmo,...
Publicidade